Deprecated: Function set_magic_quotes_runtime() is deprecated in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php on line 14

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php:14) in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_misc.php on line 1548
Ocorreu um falha na seguinte tag: <txp:glx_if_comments_count operator="greater_than" value="0"> ->  Textpattern Warning: Tag desconhecida  on line 973
textpattern/publish.php:973 trigger_error()
processTags()
textpattern/publish.php:922 preg_replace_callback()
textpattern/lib/txplib_misc.php:1383 parse()
textpattern/publish.php:785 parse_form()
textpattern/publish.php:808 doArticle()
textpattern/publish.php:509 parseArticles()
textpattern/publish.php:963 article()
processTags()
textpattern/publish.php:922 preg_replace_callback()

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php:14) in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/publish.php on line 467
Estrada: Eu sou a estrada

Eu sou a estrada

Jul 29, 17:18

Tudo está mudando (tudo está sempre mudando) mas está demorando mais do que eu imaginava…
Mas existem modentos em que não podemos ter pressa.

I am the highway (traduzida e comentada)
Audioslave

Eu sou a estrada

Pérolas e cretinos
Ao meu redor
Longo e cansativoTem sido o meu caminho
(mas tenho aprendido muito nele )
Eu estava perdido nas cidades
(apesar de conhecer ela tão bem)
Sozinho nos campos
(talvez por não entender direito a magia deles ou por precisar do guia certo)

Nem pena, nem piedade
(as vezes um pouco de piedade, as vezes de quem não merece)
Eu sinto por ter partido
(sobre isso sem comentários,neste momento, prefiro que os acontecimentos falem por si mesmos)
Eu não sou as suas rodas
Eu sou a estrada
Eu não sou o chão que você pisa
Eu sou o céu
(adoro este refrão)

Amigos e mentirosos
Não esperam por mim
Porque eu conseguirei tudo por mim mesmo
Eu andei milhares de milhas
E eu ainda me sinto perto demais de você
(cada dia mais perto, mesmo indo para mais longe a cada dia eu me sinto mais perto do que busco)
Eu não sou suas rodas
Eu sou a estrada
Eu não sou o chão que você pisa
Eu sou o céu
Eu não sou o vento soprando em você
Eu não sou sua lua de outono
Eu sou a noite….

Comentátio: