Deprecated: Function set_magic_quotes_runtime() is deprecated in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php on line 14

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php:14) in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_misc.php on line 1548
Ocorreu um falha na seguinte tag: <txp:glx_if_comments_count operator="greater_than" value="0"> ->  Textpattern Warning: Tag desconhecida  on line 973
textpattern/publish.php:973 trigger_error()
processTags()
textpattern/publish.php:922 preg_replace_callback()
textpattern/lib/txplib_misc.php:1383 parse()
textpattern/publish.php:785 parse_form()
textpattern/publish.php:808 doArticle()
textpattern/publish.php:509 parseArticles()
textpattern/publish.php:963 article()
processTags()
textpattern/publish.php:922 preg_replace_callback()

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/lib/txplib_db.php:14) in /home/kharma/kharma.matilha.org/textpattern/publish.php on line 467
Estrada: Mudando de assunto

Mudando de assunto

Ago 25, 12:04

Mil idéias conflitantes foram dormir e acordaram comigo…
pensei em despejar elas por aqui… mas algumas leituras e algumas conversas me fizeram pensar que não era o momento de deixar transparecer o que realmente penso.
Então seguindo o manual de publicações ítem 5.
“Quando faltar criatividade ou simplesmente o blog precisa de uma atualização rápida não hesite em utilizar uma imagem ou a letra de uma música.”

Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas
Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm
Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro
E não muda quando é lua cheia
Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem
Quero cantar só para as pessoas fracas
Que tão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça
Vamos pedir piedade
Pois há um incêncio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem
Blues da Piedade – Cazuza (Não …eu não assisti o filme só li o livro para fazer o trabalho de semiótica e na resenha disse que a mãe dele escreveu o livro para justificar a falta de pulso ao lidar com o filho e tentar se redimir do seu despreparo para a maternidade)

Comentátio: